Governo deseja facilitar a importação do Canabidiol no Brasil 

O ministro-chefe da casa civil fez uma declaração nesta sexta-feira, dia 16, em que revelou que o governa está planejando diminuir a burocracia para tornar mais fácil a entrada de medicamentos à base de Canabidiol, substância de origem da extração da maconha no país.

Publicidade

O ministro lembrou que ainda é contra o cultivo da planta no Brasil, mesmo sendo para fins medicinais, já que poderá abrir as portas para a liberação de outras drogas como em outros países como Peru, Colômbia, México entre outros, mas entende que as propriedades da planta podem ser muito benéficas no tratamento de várias doenças como por exemplo a esquizofrenia, a esclerose múltipla entre outras mais que ainda estão sendo testadas. Por este motivo o ministro mesmo sendo contra o plantio, não vê motivos para barrar a entrada do Canabidiol no país, para que assim as farmacêuticas possam fracionar ou até mesmo formular a substância no Brasil.

A Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) vai realizar uma consulta pública no dia 19 de agosto, onde irão ser recolhidos os posicionamentos dos interessados, para que assim o governo possa tomar as medidas para que a desburocratização seja efetivada e possa e beneficiar aquela que necessitam de tratamentos alternativos. O ministro destacou que este assunto é algo que deve estar bem encaminhado e resolvido já nos próximos 30 dias, lembrando da urgência da ação. 

O que você achou deste post?

Você também é a favor da liberação de medicamentos a base de maconha?

Comente e compartilhe com seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.